domingo, 1 de julho de 2018

SENTE A HISTÓRIA: PONTE DA BARCA



Em nome da CIM Alto Minho – Comunidade Intermunicipal do Alto Minho e no âmbito da iniciativa Sente a História, um programa cultural e gastronómico que envolve 10 municípios, 30 concertos em 30 monumentos e mais de 1500 músicos, fui convidada a visitar o concelho mais pequeno do Alto Minho mas que tem a maior quantidade de templos muito remotos: Ponte da Barca. Numa press trip a esse destino, fiz ontem – 30 de Junho – um percurso pelo Românico. Visitei três templos do século XII e, num deles, tive mesmo a oportunidade de assistir a um surpreendente concerto das típicas Cantadeiras de S. Martinho e do Vale do Neiva.
O périplo incluiu ainda uma visita aos locais mais emblemáticos do centro de Ponte da Barca e um jantar no Restaurante O Moinho, cujas instalações são uma azenha recuperada e a sua carta é composta por pratos típicos do Minho.






O património pode ser experienciado em visitas guiadas, a acontecer nos dias de concerto. Já no próximo Sábado, – 7 de Julho de 2018, 22H00 na praça Calouste Gulbenkian, em Caminha, actua a Banda de Monção de Francisco Martins, mas o programa é extenso e continua até ao Verão de 2019.
Podem sentir a história aqui.
 

Sem comentários:

Publicar um comentário